Vereador Doca Mastroiano concede títulos de Cidadão Honorário  

delegados

No dia três de maio, em sessão solene realizada no auditório do Sindicato Rural de Uberlândia, o vereador Doca Mastroiano, homenageou dois policiais de destaque e que atuam no patrulhamento rural de Uberlândia.

A solenidade contou com as mais diversas autoridades e produtores rurais que vieram abraçar aos grandes valores das Policiais Civil e Militar que cobrem toda a região, oferecendo mais tranqüilidade aos homens do campo.

A cerimônia foi aberta com a formação da mesa presidida pelo vereador e autor dos títulos, Doca Mastroiano, e estavam presentes produtores rurais da Tenda dos Morenos, Olhos D’Água, Cruzeiro dos Peixotos, Quilombo, Babilônia, Santa Maria, Tapuirama, enfim todas as regiões cobertas pelos trabalhos dos destacados policiais civis e militares.

Após leitura dos currículos dos homenageados, os títulos de Cidadão Honorário, foram entregues e eles acompanhados dos superiores e suas esposas.

Polícia Civil

O delegado José Alencar de Morais Júnior, responsável pela AISP, é um dos novos Cidadãos Uberlandenses destacado na homenagem do legislativo. O delegado é natural de Araguari, nascido no dia 16 de setembro de 1976, filho de José Alencar de Morais e Eugênia Maria Mantovani. É casado com a médica Dra. Érica Ferreira Miguel. Ele formou no Curso de Direito e prestou dois concursos. Passou para ser procurador do município e Delegado de Polícia. Escolheu a atual profissão e desde 2009 está atuando como uma das autoridades que cumpre o seu dever. Sobre o Título de Cidadão Uberlandense que recebeu da Câmara Municipal de Uberlândia, por indicação do vereador Doca Mastroiano, Dr. José Alencar disse: “Olha é um motivo de grande satisfação, porque é uma forma de reconhecimento do trabalho que nós temos desenvolvido em prol não só da comunidade rural, mais também da parte urbana da cidade que responde também pela AISP 87, especialmente porque somos titulares em duas delegacias. Ser Cidadão Uberlandense é uma grande honra”.

O Chefe do 9º Departamento de Polícia Civil de Uberlândia, Dr. Samuel Barreto, falando sobre a homenagem recebida pelo seu comandado disse que “é uma satisfação muito grande que eu vejo essa homenagem que é o reconhecimento de um profissional que vem se dedicando ao trabalho principalmente da zona rural, juntamente também da Polícia Militar. É um trabalho integrado da AISP Rural, e é isso que engrandece e dignifica o trabalho da Polícia como um todo”.

Polícia Militar

O sargento Garcia foi homenageado na solenidade no auditório do Camaru. O policial Carlos Garcia, é natural de Teófilo Otoni, nascido em 16 de fevereiro de 1979. É filho de Antônio Garcia e Anaíres Garcia. É casado com Poliana de Lourdes Carrijo Garcia e tem uma filha. Atua como integrante da companhia da Área Integrada de Segurança Pública da Zona Rural – AISP Rural. Sobre o título que recebeu ele afirmou: “É com muita satisfação que recebemos esta honraria de ser Cidadão Uberlandense. Para mim significa uma das maiores honrarias aqui da cidade de Uberlândia. É uma conquista que estamos obtendo pelo desenvolvimento dos trabalhos ao longo do tempo. Hoje o município de Uberlândia consegue reconhecer isso, e agente fica muito satisfeito”, disse.

O Tenente Genildo, comandante da Patrulha Rural, cumprimentou todos os membros da corporação, agradeceu as oportunidades recebidas dos superiores e abraçando o sargento Garcia, disse que a Polícia Militar está composta por grandes policiais e é isto que dignifica a corporação e oferece mais segurança a comunidade como um todo.

O vereador Doca Mastroiano, falando sobre a homenagem a equipe de policiais que atuam na zona rural, disse que a AISP Rural tem feito um bom trabalho aqui na cidade de Uberlândia. Tudo foi a partir da época em que foi implantada a vigilância entre as fazendas, trazendo para o produtor não só a segurança mais também a amizade com as Policiais Militar e Civil junto ao homem do campo. AISP Rural aqui de Uberlândia é atuante e tem feito um bom trabalho. Todos estão de parabéns, mas nós escolhemos estes dois representantes, sendo homenageados em nome de todos os membros das equipes que atuam no campo. Com isto está havendo uma maior comunicação entre os proprietários rurais e as autoridades como um todo.

A sessão solene foi encerrada ao som do Hino de Uberlândia, onde os cerimonialistas Cleonice Maria de Sousa e Severino Izael, organizaram tudo da melhor maneira deixando homenageados, autoridades e convidados satisfeitos com a sessão solene realizada no Sindicato Rural de Uberlândia, no auditório Edilson Lamartine Mendes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *