Uberlândia viveu mais uma noite de rever seu passado e comemorar seu presente.

slider-celsomachado

A experiência e a vontade de mostrar as riquezas e potencialidade de Uberlândia, fez com que o empresário Celso Machado, reunisse centenas de personalidades de todos os setores da comunidade para o lançamento da 9ª edição do Almanaque Uberlândia de Ontem & Sempre, uma publicação da Nós Projeto de Conteúdo.
O encontro das lideranças aconteceu dia 25 de agosto de 2015, no salão nobre do Cajubá Country Club, onde as equipes da Nós Projetos e Close, responsáveis pelo programa e Almanaque receberam comerciantes, industriais, diretores de entidades classistas, políticos e amigos, durante uma noite de homenagens e muita descontração entre os presentes. O glamoroso evento poderia até fazer parte dos 127 anos de Uberlândia, mas por humildade Celso Machado, preferiu bancar a festa empresarial.
Seguindo rigorosamente todo o protocolo estabelecido no convite a solenidade foi aberta com o empresário ao lado de sua esposa Rosilei Machado e dos filhos Taísa e Pedro Eduardo recebendo os convidados.
Em seguida foi apresentado um vídeo sobre os 10 anos do programa de Tv Uberlândia de Ontem e Sempre, que é de onde surgiram o Almanaque e o Museu Virtual de onde foram retirados trechos de registros históricos dos homenageados da noite, numa excelente produção da Close Comunicação.
Na abertura da cerimônia o mestre Paulo Henrique Petri, fez apresentação do que seria a noite e chamou Celso Machado para os cumprimentos aos presentes.
“Eu vou me esquivar de citar nomes, mas gostaria muito que nas pessoas do industrial Luiz Alfredo Massaro, Dr. Luiz Alberto Garcia, Luiz Fernando Violatti, D. Cora Pavan Capparelli, Dr. Hermilon Correa, Oscar Virgílio, Durval Teixeira, Luizote de Freitas e de nossas equipes, cumprimentar todos os presentes neste evento. É sinceramente uma noite diferente, de festa e alegria para todos nós que estamos encantados e agradecidos com as presenças de vocês. Muito obrigado”.

Lembranças de Uberlândia

“Há muitos anos, aliás posso dizer que tudo começou em 1974, montamos uma empresa com o Régis Murilo e o Dionizio Aparecido Cardoso. Era a Redice. Iniciamos um trabalho na área comercial, vendendo telefones para a CTBC, com o projeto de expansão. Tínhamos também os jornais dos clubes de serviços, Praia, Cajubá, Associação Comercial, Sindicato Rural e tantos outros.
Hoje chegou a hora de apresentar à vocês uma novidade. Uberlândia é uma cidade de empreendedores e precisamos mostrar isto ao mundo. Estamos lançando uma grife para a venda de produtos com a marca de Uberlândia, coisas daqui e que vão servir de lembranças em toda a nossa história. O mais importante de tudo isto é que toda a renda líquida será destinada ao Hospital do Câncer, uma entidade símbolo e que recebe centenas de pessoas diariamente com os mais diversos tratamentos e sem distinção de nível social, todos são atendidos gratuitamente.
Ato contínuo a diretora da empresa, empresária Rosilei Machado, assumiu a solenidade para homenagear Dona Cora Pavan Capparelli e Ophélia Pereira Garcia, as duas primeiras personalidades a receberem brindes que serão vendidos com arrecadação para o Hospital do Câncer.
Em seguida os homenageados da noite receberam seus prêmios e foram citados e aplaudidos por todos os presentes.
O Praia Clube que completou seus 80 anos no dia 10 de julho de 2015, foi representado por Paulo Henrique Petri.
Luiz Alfredo Massaro e seus filhos receberam lembranças e uma maquete da primeira fábrica da Refrigerantes do Triângulo, pelos 50 anos de fundação.
O Hospital Santa Genoveva, por meio do seu presidente Luizote de Freitas foi homenageado pelos 40 anos.
Dr. Luiz Fernando Violatti recebeu das mãos de Celso Machado uma lembrança com uma riquíssima pintura de uma das mulheres que mais batalharam na cidade, Paschoalina Vanni, avó do engenheiro.
A cantora Nalva Aguiar, símbolo da jovem guarda, também foi homenageada e além do presente com sua imagem, teve o musical de lembrança durante todo o evento.
A Revista Dystak’s nas pessoas de seu presidente Gleiner Mendonça e o superintendente Mauro Mendonça, receberam um lindo presente com a caricatura do fundador, um brilhante trabalho do artista José Neto.

O encerramento

As premiações foram encerradas e na memória dos presentes vão ficar para sempre as conversas que todos puderam ter não só com a equipe de produção do Almanaque ou do programa da Close, mas com pessoas de todas as idades que estiveram presentes e um encontro das lideranças da terceira idade, um trabalho bonito e admirado por todos que amam a equipe liderada pelo empresário e amigo Celso Machado.

Depoimentos

“Jamais poderíamos deixar de agradecer ao Celso uma homenagem como esta. Realmente estamos completando 50 anos de fundação e a Refrigerantes do Triângulo, espera com a sua nova geração estar aqui para outros títulos como este”. – Luiz Massaro – presidente da Refrigerantes do Triângulo.

“Só quem a conheceu sabe o talento e o pioneirismo desta mulher guerreira, amiga e empreendedora que veio da Itália, fixou residência em Uberlândia e transformou muita coisa que dura até hoje. Em nome de toda a família tenho que agradecer ao Celso e dizer que lá do céu, a minha avó dona Pascholina Vanni, está vibrando com esta lembrança”. – Dr. Luiz Fernando Violatti – diretor da Dreste Construtora.

“Há muito tempo eu não tenho oportunidade em participar de um evento como este. Horário britânico, comunicações rápidas, ampla divulgação de imagens de empresas e pessoas e uma coisa difícil de acontecer: o entrosamento entre todos os presentes. Realmente o Celso está de parabéns e eu não poderia deixar de registrar este fato, pois tenho comparecido nos principais eventos da Close e do Almanaque”. – Carlos Magno d’Armada – publicitário presidente da Associação dos Profissionais de Propaganda.

“Parece que foi ontem, mas as forças já não são mais as mesmas e ficam apenas lembranças daquilo que foi a jovem guarda dos anos 60/70. Épocas difíceis e que tínhamos que pensar até nas músicas que iríamos apresentar. Eu e minha família somos agradecidas ao Celso Machado por tudo feito por nós neste Almanaque”. – Nalva Aguiar – cantora.

“Ter a oportunidade de retratar imagens é uma benção que Deus me deu. Hoje tenho oportunidade de ver retratadas aqui personalidades de sucesso e todos recebem uma lembrança com a nossa assinatura. Muito obrigado ao Celso pela oportunidade de realizar este trabalho que fiz com carinho e o resultado está aí para ser mostrado pelos homenageados”. – José Neto – designer artístico.

“Eu tenho pensado muito e nem sei quanto tempo vai durar, mas posso dizer que a emoção de haver lançado o primeiro Almanaque e estar hoje na nona edição, tem aumentado muito o nosso amor pelo projeto, por termos a oportunidade de mostrar empreendedores e como foi a cidade em outras épocas. Eu sei que não podemos ficar convencidos com esta festa maravilhosa, onde todos estão me cumprimentando, mas também não podemos ser hipócritas de dizer que não gostamos daquilo que fazemos. O que eu não faço com competência, realizo com muito carinho e amor, contando sempre com a equipe que impressiona o número de colaboradores internos e a espontaneidade de muita gente. Nesta festa você viu e os leitores podem acompanhar que estamos lançando também uma grife com lembranças de Uberlândia, cuja renda líquida será toda destinada ao Hospital do Câncer. Não posso deixar de agradecer a minha esposa, meus filhos, meus colegas de equipe, os apoiadores de nossos projetos e ao PC, responsável pelo restaurante do Cajubá e toda a diretoria do clube, assim bem como aos convidados presentes”. – Celso Machado – diretor do Almanaque Uberlândia de Ontem & Sempre.

“Passa um filme na cabeça de todos nós. Estou realmente emocionado e receber uma lembrança como esta traz prazer e alegria. Tenho que dividir tudo isto com a nossa equipe da Dystak’s e aqueles que passaram em nossa empresa e hoje estão alçando ares diferentes. Obrigado aos investidores, anunciantes e pessoas que com suas críticas fazem o alicerce de todo o trabalho realizado na Dystak’s, nestes seus 30 anos. 1985-2015. Ao Celso Machado, meu patrão de 1976 a 1979, o eterno muito obrigado e a lembrança vai para a galeria de destaque na minha sala”. – Mauro Mendonça – superintendente da Rede Dystak’s de Comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *