Pais choram de emoção ao entregarem os filhos para servir à Pátria

Mais de duas mil pessoas entre familiares, militares, convidados e autoridades ficaram espalhadas no pátio do 36º Batalhão de Infantaria na manhã do dia 6 de fevereiro de 2013, quando 209 jovens se incorporaram nas fileiras do Exército Brasileiro iniciando o serviço militar e servindo à Pátria.

A solenidade foi dirigida pelo comandante do 36º Batalhão de Infantaria Motorizado Tenente Coronel Rocha Lima e além dos militares estavam presentes os vereadores Gláucia da Saúde, Lelis Lima, Jerônima Carlesso; Paulo Vitiello Filho, vice-prefeito de Uberlândia; Cel. Teotônio Patrocínio de Morais, ex-comandante da Unidade; Tenente Coronel Ailton Donizete, comandante do 32º BPM representando o Cel. Crovato comandante da 9ª RPM; Major Marcos Vinícius, comandante da 2ª Ciamesp; Luiz Ricardo da Mota, representando o delegado Samuel Barreto chefe da 9ª Região da Polícia Civil; além da imprensa.

A solenidade

Inovando na maneira de apresentação dos novos soldados as companhias foram posicionadas na portaria do quartel e só adentrou quando houve a ordem. Com roupas de civis os novos soldados entraram para os alojamentos, vestiram a farda verde oliva e se encaminharam perfilados para a formatura, onde já estavam os seus comandantes e os praças antigos.
Em sua fala o comandante do 36º disse à tropa que as esperanças eram de que todos pudessem servir o Exército com a mesma garra com que conduziram suas vidas até aqui. Afirmou ter esperanças de que a Unidade instalada em Uberlândia seja mais uma vez o destaque da 11ª Região Militar.

A escolha

“Estes jovens foram selecionados entre mais de 6 mil que entraram em processo iniciado em 2012, quando se alistaram na Junta Militar e se apresentaram no Batalhão na semana de 25 a 28 de fevereiro, onde passaram por medidas administrativas. No dia 4 de março se apresentaram no 36º BIMtz, passaram por novas avaliações administrativas, ficaram aquartelados e no dia 6 se incorporaram nas fileiras do Exército”, disse o Tenente Garcia, Relações Públicas da unidade militar da Tubalina.

Como ser um soldado e servir a Pátria

A lei máxima, que é a Constituição Brasileira, prevê que todo jovem deve se alistar ao completar dezoito anos. Ele se alistando pode concorrer para servir nas Forças Armadas: Exército, Marinha ou Aeronáutica. Essa turma que está entrando hoje se alistou em 2012. Para maiores esclarecimentos os jovens devem procurar a Junta do Serviço Militar na Avenida Cipriano Del Fávero, 760. É bom que não haja atraso neste alistamento porque podem ocorrer prejuízos para os interessados”, disse o 1º Tenente João Batista dos Santos, que até o ano passado esteve à frente da Junta de Alistamento e hoje está atuando dentro do quartel do 36º BIMtz.

Os familiares se emocionaram

O senhor Dimas José Moura, pai do soldado Lucas Augusto Silva Moura, se emocionou tanto que veio às lágrimas ao falar sobre o que sentia em ver o filho desfilando com a farda verde oliva. “Para mim está sendo um orgulho porque eu não tive este prazer. Meu filho foi orientado a se destacar em suas missões, porque as forças armadas representam um futuro para os jovens que estão agora numa fase pensando em formar famílias.Tenho certeza que meu filho vai se destacar aqui nesta unidade matando uma vontade que o pai nunca pôde satisfazer”, disse o pai do soldado recém incorporado.
Aos prantos a senhora Elenir Maria Alves Pinto, mãe do soldado Jonata Camilo Pinto, segurava o neto, mas mesmo assim atendeu nossa reportagem. “É muito orgulho que estou sentindo dele neste momento. Eu não dou conta nem de falar, mas ele é um filho muito adorado, filho do coração. Ele está realizando um sonho que sempre dizia: eu vou para o Exército. Aí está ele, servindo a Pátria, atuando pela segurança do Brasil”, disse a entusiasmada mamãe.
A solenidade foi encerrada com a despedida dos familiares e a confiança de todos os comandantes de que os novos soldados possam realmente cumprir as metas traçadas pelo Exército Brasileiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *