Nova diretoria toma posse em evento solene no Sindicato Rural de Uberlândia

Cerca de 300 convidados acompanharam a cerimônia marcada pela presença de autoridades, produtores rurais, lideranças do setor rural e líderes políticos; o mandato de Gustavo Galassi como presidente vigorará no triênio 2018 a 2021

 

A solenidade de posse da Diretoria e do Conselho Fiscal do Sindicato Rural de Uberlândia que realizada no primeiro trimestre de 2018, foi marcada pela presença de importantes lideranças do agronegócio, líderes políticos, além de representantes das principais instituições do Estado. O evento aconteceu no auditório da instituição e foi acompanhado por cerca de 300 convidados. Gustavo Galassi Gargalhone exercerá o mandato de presidente da entidade ao lado de 23 diretores no triênio 2018 a 2021, substituindo Thiago Fonseca que ficou no cargo em três mandatos.

A cerimônia contou com a participação do prefeito Odelmo Leão, do presidente da FAEMG Roberto Simões, dos deputados estaduais Luiz Humberto Carneiro, Leonídio Bouças, Felipe Attiê e Arnaldo Silva, do presidente da Câmara Municipal, vereador Alexandre Nogueira, do Procurador da República Cleber Eustáquio Neves, dos promotores de Justiça, Carlos Aberto Valera e Breno Linhares Lintz, além de representantes do G7, do poder judiciário, comando das polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros, Exército, presidentes de sindicatos rurais, associados, entidades de classe e instituições relacionadas ao agronegócio.

O presidente Gustavo Galassi reiterou em seu discurso o compromisso de executar integralmente as propostas apresentadas durante a campanha. Ele destacou a importância de se criar um novo modelo de gestão para vencer os desafios que o sistema sindical enfrentará nos próximos anos. “Teremos uma participação forte junto com nossos associados criando mais valor para o produtor rural por meio de novos serviços que serão oferecidos pela instituição”, disse Galassi. “Acredito que através do trabalho e das parcerias que já estão fechadas com o poder público e outras entidades, venceremos todas as dificuldade que aparecerão”, afirmou.

Em seu pronunciamento, o prefeito de Uberlândia Odelmo Leão, ao cumprimentar os produtores rurais presentes recomendou a união da classe para que diante do atual cenário se consiga construir um novo modelo sindical. “Nós temos que vir pra cá e dar força para o Sindicato Rural de Uberlândia”, Odelmo ainda demonstrou preocupação com as dificuldades que o produtor enfrenta para conseguir margem de lucro em suas atividades em função de iniciativa de alguns estados da Federação que fazem tributação na agricultura. “Espero que Minas Gerais não invente impostos sobre a agricultura”, concluiu.

O presidente da FAEMG, Roberto Simões, participou da solenidade ao lado do Superintendente do SENAR, Antônio do Carmo, e de membros da diretoria da Federação. Durante o evento, afirmou que a nova diretoria da casa poderá contar com a Faemg para que continue na luta. “Teremos que fazer um novo modelo sindical seguindo modelos de sucesso como é o caso dos Estados Unidos. Eles têm milhões de filiados voluntários, pois oferecem produtos de qualidade com bons preços”, destacou. “Este novo modelo será melhor que o atual, pois chegou a hora de quem quer participar para vencer essas adversidades”, disse. Simões destacou ainda que considera o Sindicato Rural de Uberlândia, o mais forte politicamente do Brasil. “Desta instituição sempre saíram políticos vitoriosos como deputados estaduais, federais e prefeitos”, concluiu.

Exclusivamente para a Dystak´s, o ex-presidente Thiago Soares afirmou que agora vai cuidar de seus afazeres em outras atividades no seu ramo de negócios, mas que ocupará cargo importante na FAEMG. Na próxima edição reportagem integral com o produtor que deixou o importante cargo.

 

História

 

A história do Sindicato Rural de Uberlândia começou na década dos anos 30 com a fundação da Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Uberlândia (ACIAPU). Ao deixar a ACIAPU, na década de 40 um grupo de pecuaristas fundou a Associação Rural. Já em 1965, por determinação da Lei Federal 4.214, a Associação mudou seu nome para Sindicato Rural de Uberlândia. Nesta trajetória a entidade teve os seguintes presidentes: Misael Rodrigues de Castro (1948/52); Nicomedes Alves dos Santos (1952/56); Odilon Custodio Pereira (1956/58); Virgílio Galassi (1958/63); Bolívar Ribeiro (1963/65); Geraldo Migliorini (1965/70); Paulo Ferolla da Silva (1970/73); José Rezende Junqueira Júnior (1973/80); Walter Alves Carneiro (1980/83); Odelmo Leão Carneiro Sobrinho (1983/90); Luiz Humberto Carneiro (1990/1998); Paulo Roberto Andrade Cunha (1998-2006); Paulo Ferolla da Silva (2009-2012) e Thiago Soares Fonseca (2012-2018).

 

DIRETORIA 2018-2021

 

Gustavo Galassi Gargalhone (Presidente); Gilmar Goudard (1º Vice Presidente); Thiago Bianchi Silveira (2º Vice- Presidente); Júlio César Pereira (Tesoureiro); Claudionor Nunes de Morais (2º Tesoureiro); Roger Crosara Mansour (3º Tesoureiro); João Carlos Semenzini (Secretário); Dagmar José dos Santos (2º Secretário) e Sérgio Vieira Attie (3º Secretário).

 

SUPLENTES DA DIRETORIA

 

Maurício Jorge de Lima, Gilvan Sorna de Paula, Ayrton Teodoro, José Antônio Marquez Grama, Márcio Mendes Mendonça, Délcio Vieira Tannús Filho, Pedro Roberto de Oliveira, Matheus Giovanni Pereira Fernandes e Helen Martins Teixeira Rodrigues.

 

CONSELHO FISCAL

 

André Luiz Alves dos Santos, Leon Bernardo Knychala e Zorival Tavares Carneiro.

 

SUPLENTES DO CONSELHO FISCAL

 

Antônio José de Almeida, Antônio Ferreira de Brito e Fausto Elias Nascimento.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *