Icasu comemora jubileu de ouro  

 

icasu-slide

Uberlândia é uma cidade marcada por grandes empreendimentos, onde homens que aportaram na maior cidade do Triângulo, criaram empresas, entidades e fundaram aquilo que é hoje o paradigma dos nossos filhos e até do pessoal que está na terceira idade, mas que tenha participado destas criações.

Uma das grandes siglas empreendedora social é a ICASU – Instituição de Assistência Social de Uberlândia, cuja fundação aconteceu em reunião no dia 13 de novembro de 1967, e consequentemente acaba de comemorar os seus 50 anos de existência.

Na ata de fundação constam as presenças do Dr. Sebastião Lintz – Juiz de Direito; Dom Almir Marques Ferreira – Reverendíssimo Bispo da Diocese de Uberlândia; Dr. Renato de Freitas – Prefeito Municipal de Uberlândia; Cônego Nilo Tabuquini – Vigário em Araguari e Dr. Wilno Roberto de Sousa – diretor do Cartório.

Nesta reunião o Dr. Sebastião Lintz, já demonstrou a necessidade de se fundar em Uberlândia, uma entidade acolhedora e que pudesse sustentar as necessidades de pessoas carentes em nossa região. O Bispo Dom Almir Marques, também usou da palavra demonstrando que a ideia era oportuna. O Cônego Nilo Tabuquini, fundador da ICASA em Araguari, usou da palavra e disse como foi fundada a entidade e o seu funcionamento.

O Dr. Romeu Duarte presidente da ICASA em Araguari, falou aos presentes sobre o funcionamento da entidade e o que seriam os problemas de ordem financeira, assistência racional e devida, formação moral e possível profissional dos assistidos, estudo, seleção e orientação aos familiares dependentes, extinção dos pedintes, exigência de um serviço de acordo com as possibilidades do assistido, entre outras coisas.

O prefeito Dr. Renato de Freitas, dando o seu apoio não somente a Fundação do Movimento como também se dispondo pessoalmente e na qualidade de prefeito de Uberlândia, a prestigiá-lo, sugeriu que se convocasse uma reunião no mesmo local, às 20 horas do dia 20 de novembro, a fim de que, nesta oportunidade fosse eleito o Conselho Deliberativo da ICASU, cujo, órgão elegeria logo em seguida a Diretoria Executiva do Movimento. A sugestão foi imediatamente aprovada.

O Dr. Sebastião Lintz agradeceu as presenças de todos e deixou determinada a reunião para o dia 20, também na sede da Sociedade Médica de Uberlândia.

Nesta reunião entre muitos estavam presentes, além das pessoas citadas: Silvio Cunha Vasconcelos – Rotary Club Norte; Dr. Paulo Machado – Associação Brasileira de Odontologia; Dr. Divino Alves de Carvalho – Loja Maçônica 6 de Junho;  Antônio Fernandes de Oliveira – Loja Maçônica Luz e Caridade; Amélia Mineiro e Angélica Aspesi – Associação de Proteção aos Lázaros;  Aparecida Alves Maritz Arantes – Grupo Espírita Bezerra de Menezes; Isa Helou Doca – A.U.M.A. – João XXIII; Divina Aparecida Rezende – Legião da Boa Vontade; Pedro Malaquias de Almeida – vice-provedor Paróquia Nossa Senhora Aparecida; Calcir José Pereira – Coordenador da Cáritas Paroquial; Pe. Ézio Daher – Vigário Paróquia Nossa Senhora Aparecida; Carlos Hugueney Neto – Lions Clube Felisberto Carrijo; Luiz Ricardo – Movimento Familiar Cristão e Associação Comercial e Industrial de Uberlândia; Padre João José O`Connell – Paróquia de Bom Jesus; Esther Rosa dos Santos – A.P.A.E.; José Cardoso Rodrigues – Conselho Sociedade São Vicente de Paula; José Ribeiro de Souza – Conselho Nossa Senhora Aparecida; Frei Adalberto Daralho – Paróquia Nossa Senhora de Fátima; Frei Egídio Parisi – Paróquia Nossa Senhora de Fátima; Cáritas Diocesana, Padre Cirilo Ambrósio Paróquia V. Saraiva, Padre José Continel – Assistente Diocesano Paróquia Bom Jesus, Namen Muchail – Rotary Club, Nelson Velasco – Igreja Presbiteriana, José Vítor Rodrigues – Com. Assistência Juventude –  Rotary Club, José Carlos Silveira – Patronato do Burity, Olimar Castilho – Asilos São Vicente e Santo Antônio, Luiza Pereira de Andrade – Cáritas Newton Vilela de Andrade – A.B.A.M.  e Lions Clube, Joaquim Sales Monteiro – Confederação Mariana, Calcir José Pereira, Dr.  Romeu Duarte – ICASA Araguari,  Cônego Nilo Tabuquini – Vigário e fundador da ICASA – Araguari; Carlos Hugo Bertolucci, Dr. Vitório Caparelli, Roque Paixão, Raul Pereira de Rezende, Nilo Rejane de Almeida, Ronaldo de Oliveira, Antônio Naves, Padre Agenor Vieira Pontes, e muitos outros.

Nada mais havendo, lavrei a presente ata. Uberlândia 13 de novembro de 1967 – Secretário Wilno Roberto de Sousa Silveira.

 

A diretoria

 

Em seguida o senhor presidente solicitou aos membros acima mencionados, que escolhessem entre si, o presidente que iria dirigir os trabalhos da ICASU doravante. Havendo divergências, Dr. Sebastião Lintz indicou o nome do senhor Silvio Cunha Vasconcelos, que foi aceito por aclamação. Solicitou então o presidente para que na próxima reunião a realizar-se no dia 27 o senhor Silvio Vasconcelos, além de já presidir a reunião, trouxesse uma chapa dos nomes que deveriam compor os demais cargos, para aprovação em plenário. Em seguida encerrou os trabalhos.

Na ata do dia 27 de novembro de 1967 às 20 horas no recinto da Sociedade Médica de Uberlândia reuniu-se o Conselho Diretor da ICASU – Instituição Cristã Assistência Social de Uberlândia, com o fim essencial de eleger a diretoria que iria reger os destinos da entidade. Os trabalhos foram abertos pelo Doutor Sebastião Lintz, que relatou os presentes, da norma de trabalho da presente reunião e, esclareceu os motivos porque o presidente eleito na reunião passada Silvio Cunha Vasconcelos, estaria impossibilitado de aceitar o cargo. A seguir passou a palavra ao presidente Silvio Cunha Vasconcelos e este esclareceu que se havia permitido confeccionar duas chapas composta de membros de diversas entidades religiosas sociais, e assistenciais da cidade. Solicitou ao secretário de sessão que afixasse separadamente em quadro negro, os componentes das chapas número 1 e número 2, como haviam sido denominadas. Foram distribuídas aos presentes cédulas, para votação secreta e logo após escolhidos os votos. Feita a apuração realizou-se o resultado com vitória da chapa número 1 e 4 votos para a chapa número 2. Proclamou-se a vitória da chapa número 1, composta dos seguintes cidadãos: presidente – Osvaldo de Oliveira; vice-presidente – Carlos Hugo Bertoluci; 1º secretário – Wilno Roberto de Souza Silveira; 2º secretário – Caio Lima Santa Cecília; 1º tesoureiro Dr. Vitório Caparelli; 2º tesoureiro Ivan Fagundes; 3º tesoureiro – Namen Muchail.

Solicitando a palavra pela ordem, o Doutor Sebastião Lintz explicou que, todos os membros do Conselho Diretor eram diretores da Icasu e que, conforme estatutos que doravante seriam criados haveria comissões e trabalho para todos.

O Presidente  da sessão, indicou os nomes de: Moacyr Lopes de Carvalho, como relator e mais, Luiz Ricardo, Dr. Laerte Alvarenga Figueiredo e João Dorneles dos Santos Júnior, para comporem uma comissão, com o fim especial de estudar e elaborar um estatuto da ICASU, baseando-se nos estatutos da ICASA de Araguari e instituições similares de Uberaba e Campinas.

O Sr. Namen Muchail, comunicou à mesa que, há tempos havia recebido para a ICASU, a doação de um terreno, às margens da rodovia que liga Uberlândia à Xapetuba, mais ou menos no km 12, dos Srs. Amador Rodrigues e Dr. Luiz Antônio Rocha. Em virtude da demora da criação da ICASU, os doadores efetuaram a troca de tal terreno por outro nesta cidade.

 

Troca de presidente

 

A reportagem da Dystak’s esteve conversando com o atual presidente da ICASU, o empresário Antônio Naves de Oliveira, que falou sobre sua entrada para ocupar o principal cargo Instituição.

“Eu sou grato a oportunidade que sempre me foi dada para servir as pessoas menos favorecidas. Quando jovem atuei muito como colaborador na Igreja Bom Jesus e foi de lá que partiu o convite para que eu pudesse participar das três assembleias que fundaram a ICASU. Atuei como membro em todas as diretorias, sempre importando com o trabalho e nada com os cargos. Em sete de dezembro de 2006, fui nomeado interventor pelo Juiz da Vara da Infância e Juventude Dr. Edson Magno, em um trabalho que durou dois anos. Ao final do que foi acertado o Dr. Edson pediu para que eu nomeasse alguns nomes para que pudéssemos dirigir a entidade e isto foi feito. Estou no cargo de presidente até hoje. Acho que após a intervenção e com o mandato eletivo, a entidade passou a ter uma credibilidade muito grande junto a sociedade e aproximação com os poderes constituídos, destacando promotores e juízes, aliados a comunidade empresarial em geral. Aconteceu realmente uma mudança geral, onde todos puderam acompanhar a transparência de nossos trabalhos. Ao assumir a direção da ICASU, uma de nossas preocupações foi o modo de arrecadarmos fundos para manutenção dos trabalhos que estamos realizando. A primeira ideia era a colaboração de empresas e empresários que faziam doações, mas decidimos no final pela criação da lavanderia que passou a ser aos hospitais e clínicas da cidade. Foi aí que conseguimos sanar as dívidas, especialmente investindo em tecnologia. Desde 2003 a nossa lavanderia está instalada na Avenida Nicomedes Alves dos Santos. Com o crescimento em nossos trabalhos vimos a necessidade de ampliar e para isto adquirimos a lavanderia Áurea, aqui na rua Nivaldo Guerreiro, 1951, cujo sócio majoritário era o Hospital Santa Genoveva. Isto aconteceu no dia primeiro de janeiro de 2016 e é aqui que estamos instalados com a sede principal, apesar do funcionamento na Avenida Nicomedes e Rio Branco, onde foi iniciado todo o trabalho. Estamos lavando roupas para hospitais e clínicas para clientes de todo o Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, visando exclusivamente arrecadações para enfrentarmos os trabalhos sociais que são realizados no dia a dia. Houve o aumento do patrimônio. A ICASU hoje está fechando o Jubileu de Ouro com sete unidades e as duas lavanderias. Temos ainda a escola profissionalizante, temos a unidade de Araguari, onde a prefeitura tem dado grande apoio. Temos ainda a casa de apoio a pessoas em situação de rua no jardim Célia, estamos assumindo uma parceria com o município que é a Casa Travessia, que é para mulher vítima de violência e temos a aquisição da Comunidade Vida Nova, entidade terapêutica que é um dos desafios que a ICASU está enfrentando a partir deste ano. É projeto audacioso, um projeto onde agente busca de fato o amor a vida daquelas pessoas que tenham dependência, mostrando para ele a sua importância na sociedade, integrando junto com a família e buscando o bem viver. É uma ação difícil, mas que com ajuda da comunidade estamos realizando e integrando os dependentes químicos à sociedade, partindo da iniciativa junto as famílias. Hoje já estamos com 36 vagas e vamos aumentar este número porque tem muita gente necessitada. Ali nós temos assistência com médicos, enfermeiros, psicólogos e assistentes sociais, todos trabalhando com o grande objetivo de recuperação do ser humano. Vale acrescentar os convênios que estamos mantendo com a FIEMG, onde pretendemos organizar cursos profissionalizantes nas unidades dos bairros Santa Rosa e Roosevelt, dando mais oportunidades aos menores aprendizes. Mauro eu vou fazer 74 anos agora em janeiro. Eu acho que a vida da gente como eu sempre disse, é que somos o que a oportunidade oferece. Esta é uma etapa de minha vida que Deus ofereceu e eu sinto uma grande realização quando encontro pais, avós, filhos e empresários que dizem “você mudou meu filho”, sintetizou o presidente Antônio Naves de Oliveira.

 

Ajuda federal

 

O deputado Eros Biondini, há dois anos conhece o trabalho da ICASU. Inicialmente ele doou verba para aquisição de roupas para o aumento no atendimento na lavanderia, mas sempre está presente com atenção aos trabalhos ao presidente Antônio Naves.

Em novembro de 2017, o atual deputado federal esteve em Uberlândia, quando entregou à diretoria da ICASU, a frente de vários diretores uma Van Iveco, zero km, de 16 lugares, para o transporte de funcionários e alunos da ICASU.

 

Outro presidente

 

Calcir José Pereira, atuou como presidente da ICASU por dois mandatos na década de 70.

Falando à reportagem ele disse que hoje ninguém pode citar a entidade sem lembrar os seus fundadores e especialmente o atual presidente Antônio Naves de Oliveira. O empresário afirmou à Dystak’s que “A ICASU ninguém esperava naquela época. Ela não tinha praticamente nada. Nós trabalhamos muito. Era uma luta diária minha do Dr. Bádue Morum Bernardino, Hugo Bertoluci e Osvaldo Oliveira. Naquela época acontecia o seguinte. O povo aos sábados ia para as máquinas de arroz formava filas enormes para pegar esmola. Foi aí que a ICASU entrou e acabou com isto. Fizemos um cadastramento e nas casas colocamos placas das pessoas que doavam cinco cruzeiros mensais para a Instituição. Então nós conseguimos tirar este povo das portas das empresas. Fizemos uma reunião na Associação Rural com mais de 400 famílias para fazer o cadastramento e passar uma peneira para quem realmente precisava. Ao final acabamos por descobrir que a grande maioria trocava o que ganhava por drogas, bebidas e outros itens que não faziam parte da alimentação do cidadão. Passamos a atuar com postos oficiais na cidade, onde cada companheiro fazia o seu trabalho. Como já havia o cadastro a malandragem acabou um pouco. Deus colocou as mãos no trabalho que iniciamos e hoje ao completar 50 anos, a ICASU é referência para o Brasil e sem dúvida nenhuma temos que cumprimentar o Antônio Naves que começou como interventor e hoje é um grande presidente que revoluciona a entidade e a caba dia cresce mais”, disse Calcir José Pereira.

 

Padre João

 

O professor João José O’Connell, é natural da Irlanda e veio para o Brasil, em novembro de 1963, iniciando seus trabalhos em Jataí (GO), atendendo convite do bispo Franciscano Dom Benedito, que esteve no exterior buscando vigários. Eu sou da Congregação Lador de Maria Imaculada e acabei aceitando o convite para vir para o Brasil.

Sobre seu trabalho o vigário disse que atuou um ano no Canal de São Simão, quando foi convidado pelo Bispo Dom Almir Marques, para vir trabalhar em Uberlândia. “Eu vim para Uberlândia em 1964 e fui designado para atuar na Paróquia Bom Jesus, onde tive a oportunidade de ter o Antônio Naves como um grande colaborador. Nós atuávamos ajudando os pobres e visitávamos todos os lugares. Foi aí que o Bispo Dom Almir nos convidou para a reunião com várias entidades na fundação da ICASU. Aceitei o convite e até hoje trabalhamos ao lado do grande companheiro Antônio Naves e sabemos que a entidade está crescendo a cada dia e atendendo a população de modo em geral”, disse o Padre O’Connell.

 

Silvio Vasconcelos

 

O empresário Silvio Vasconcelos foi um dos membros que participou da primeira reunião para formação da ICASU. Chegou a ser escolhido como presidente, mas apresentando problemas particulares com suas empresas, ele não aceitou e o lugar foi ocupado por Osvaldo de Oliveira. “Sem dúvida nenhuma foi um grande trabalho que iniciamos no dia 13 de novembro de 1967. Alguns companheiros já partiram para a morada eterna, mas outros surgiram e estão dando suas contribuições à ICASU, ao lado do grande presidente Antônio Naves de Oliveira, companheiro que revoluciona a entidade”, afirma Silvio Vasconcelos.

 

As parcerias

 

Um dos empreendedores de Uberlândia, o médico Dr. Geraldo Carneiro Júnior, disse à reportagem que a ICASU é uma entidade tradicional e que completando o Jubileu de Ouro, demonstra o que é importante para os menos favorecidos. A parceria que firmamos com a ICASU, foi sem sombra de dúvidas muito importante, trazendo uma satisfação porque ao assumir a Áurea, a instituição passou a ter melhores condições para atender aos clientes de todo o Brasil Central, especialmente o Triângulo e Alto Paranaíba. “Eu gostaria de aproveitar esta oportunidade para dar os parabéns ao presidente Antônio Naves de Oliveira, e dizer que o Hospital Santa Genoveva, vai estar sempre ao lado da ICASU, para servir e ajudar naquilo que for necessário. O Antônio Naves é um grande guerreiro e nós temos que estar ao seu lado”, concluiu o Dr. Geraldo Carneiro Júnior.

As equipes de apoio da ICASU estão sempre à disposição dos interessados e para isto conta também com as participações de empresários e da comunidade em geral, assim bem como nós da Dystak’s, abraçamos ao pessoal pelos cinquenta anos de trabalho enfrentando adversidades e atuando para o engrandecimento e contribuição com os menos favorecidos ou aqueles que procuraram o aprendizado em toda a região do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba.

 

Desde a sua fundação a ICASU já contou com os seguintes presidentes.

Osvaldo de Oliveira – 1967 a 1969; Adelso Ferreira Tavares – 1970 a 1972; João Gomide de Souza – 1972 a 1974; Nilton Peixoto de Souza – 1976 a 1977; Demerval Santos – 1978 a 1979; Walton Lúcio dos Santos – 1980 a 1981; Sétimo Figueira da Rocha – 1982 a 1983; Antônio Chad Fad – 1984 a 1985; Celso Pereira Faria – 1991 a 1994; Elaine Clemente – 1995 a 2005; Roberto César Campos – 2005 a 2006 e Antônio Naves de Oliveira – 1974/1975 – 1986/1990 e 2007 até hoje.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *