Everton Magalhães preside sessão festiva da FIEMG  

fiemg-slider

O presidente da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais, Regional Vale do Paranaíba, empresário Everton Magalhães, foi o anfitrião ao lado dos 12 sindicatos filiados, de uma das maiores festas já realizadas pela entidade, em Uberlândia.

O acontecimento foi no dia 1º de outubro, no Center Convention, onde estiveram presentes, personalidades de todas as cidades abrangidas pela entidade, que vieram acompanhando os homenageados de cada jurisdição.

Entre as autoridades e empresários presentes destaques para Maria Helena Martins de Sá Guedes, superintendente do Centro Industrial e Empresarial de Minas Gerais (CIEMG); Henrique Câmara Azevedo, superintendente de Gestão e Comunicação; Maria Rita Suely Passos Santana, Assessora de Relações Sindicais; Nelson de Souza Fabes Filho, superintendente Administrativo e Financeiro (todos da FIEMG BH); deputado Elismar Prado, vereador Ismar Prado, prefeitos: Raul Belém e sua esposa Amanda Belém (Araguari); prefeito de Estrela do Sul – Lycurgo Rafael Farani e sua esposa Maria Regina Farani; prefeito de Indianópolis – Sérgio Pazini e a primeira dama Gislene Maria Pazini; prefeito de Iraí de Minas – Adolfo Irineu de Carvalho acompanhado de sua esposa Márcia Carvalho; vice-prefeito de Monte Alegre de Minas – Roberto Ferreira da Silva; prefeito de Monte Carmelo – Fausto Reis Nogueira e a esposa Glair Maria Nogueira; secretário de Meio Ambiente de Prata – Luiz Ricardo; prefeita de Tupaciguara – Edilamar Novais Borges e o prefeito de Uberlândia professor Gilmar Machado.

 

A solenidade

 

O evento marcou mais uma edição do Prêmio Indústria Sustentável, iniciado em 2008, em organização da FIEMG e dos 12 Sindicatos das indústrias filiadas, além das unidades do SESI e SENAI de Uberlândia e Araguari. Na ocasião foram entregues à indústrias destaques o Prêmio Indústria Sustentável um estímulo para as Indústrias que visam alcançar excelência em suas atividades produtivas, através da sustentabilidade como princípio de Governança e Gestão.

Estiveram presentes as mais significativas autoridades dos principais segmentos sociais e empresariais da região, além da imprensa e convidados especiais.

Os convidados foram recebidos pelo presidente da regional da FIEMG Vale do Paranaíba, além de componentes da entidade que vieram de Belo Horizonte para participarem do grande evento que sem dúvida nenhuma marcou uma nova etapa para os associados.

 

A cerimônia

 

Com a supervisão do presidente Everton Magalhães, os departamentos de imprensa como Davi Thielmann Steigert, cerimonial Maria Aparecida Silva Dias (Cida Dias) e a gerência de Carlos Quintiliano os convidados se sentiram com tratamento diferenciado desde o coquetel de abertura, passando pela cerimônia até o jantar e a despedida de todos quantos estiveram a presentes a grande festa.

Na abertura da cerimônia foram entregues os prêmios as indústrias destaques.

Em seguida foram realizados quatro discursos, todos de importância para os presentes.

Na abertura o presidente Everton Magalhães, em tom de desabafo disse: “Hoje é uma noite especial para a indústria da nossa região, é uma festa de comemoração. Aqui estão presentes os melhores, os que mais se destacaram, cresceram e desenvolveram sustentavelmente nos últimos 12 meses. Vocês foram escolhidos entre muitos outros e, realmente, foram selecionados por vários critérios e é por isso que quero, em primeiro lugar, parabenizar todos vocês homenageados. Queria eu apenas festejar com vocês. Assumi esta Regional no dia 15 de maio deste ano, ou seja, hoje completam 140 dias da minha Gestão, mas infelizmente, nesses dias, só recebo notícias pesadas, notícias que vêm para destruir e acabar com o entusiasmo, a vontade de investimento e crescimento que brota dentro do peito de todos nós. Eu não posso morrer de omissão, então tenho que aproveitar esse momento para informá-los e pedir união, para cada dia mais, conseguirmos enfrentar esse Governo que não tem um planejamento estratégico, que não sabe o que fazer, mas principalmente, que nos minam e destroem nossas Indústrias com suas atitudes. O Governo tem que diminuir seus desperdícios, os seus gastos. Só como exemplo, o Governo paga mais de 400 bilhões de juros por ano. Durante os dois mandados de Fernando Henrique Cardoso houve um aumento na folha de pagamentos em R$ 80 milhões. O ex-presidente Lula, nos seus 8 anos de mandado, aumento em R$ 117 milhões, e na atual gestão, com quatro anos e meio, a presidente aumentou para R$ 240 milhões. Isso é só por mês, meus amigos. Ela não tem noção de uma administração correta, governa só para fazer favores e destrói a máquina pública. Somos o país que mais cobra impostos do mundo, somos recordistas neste quesito, e agora o Governo tanto Federal quanto Estadual estão aumentando nossa carga tributária. Não basta apenas cortar o crédito, aumentar os juros, querer reimplantar a CPMF, aumentar mais uma vez os combustíveis, e aumentar tantos outros impostos. Ontem o Governador de Minas aumentou 38% o ICMS da nossa energia, aumentando de 18 para 25%. Tem ainda, a pior atitude de todos os tempos que é pegar 30% do Sistema S. Isso é um confisco, é a mesma coisa de você ter dinheiro na poupança e o Governo pegar para ele, pois o dinheiro do Sistema S é nosso. Quem paga somos nós, não é um repasse desse Governo, até porque se fosse, ele sumiria no meio do caminho. O Sistema S é a instituição mais respeitada em todo o Brasil, é o sistema de educação com qualidade, com qualificação e requalificação, nós fomos esse ano, campeões mundiais da Worldskills, a maior competição de escolas profissionalizantes do mundo, e eles querem acabar com nossas escolas. A vocês prefeitos, inclusive você Gilmar, vocês estão comendo o pão que o Diabo amassou, vocês não terão dinheiro para administrar suas prefeituras, se brincar, vocês não terão dinheiro para o pagamento na folha do trabalhador, pois esse Governo não está nem aí com ninguém, só olha para seu próprio umbigo, pega 75% total da arrecadação e ainda não repassa para tentar cobrir o buraco que ele próprio cavou. Peço até desculpas a vocês pelo meu desabafo, porque hoje é dia de festa, mas não vamos nos entregar, não vamos baixar a guarda. Vamos juntos lutar contra esse escândalo, e acima de tudo, acharmos saídas para voltar a crescer, investir e fazer de nosso País um lugar melhor. Essa conta não é nossa, e nós não iremos pagar”, disse desabando o presidente.

 

O Secretário

 

Ronaldo Alves, secretário de desenvolvimento econômico de Uberlândia, falou para os presentes a importância de se criar um ambiente favorável para os negócios. Citou o Prêmio como uma ação essencial para a região e destacou a vinda de novas empresas para cidade, no sentido de continuarmos com os trabalhos para viabilizar novos investimentos em Uberlândia e região.

 

O Prefeito Gilmar Machado

 

O Prefeito de Uberlândia, Gilmar Machado apresentou satisfação do formato do Prêmio, pois, faz jus ao significado da FIEMG Regional, que é envolver as cidades que compõem essa entidade. “A FIEMG realiza um grande trabalho sendo fundamental o empreendedorismo destas pessoas e o desenvolvimento para o mundo moderno das questões ligadas a sustentabilidade. Por outro lado, é importante a preocupação com o meio ambiente porque Uberlândia trabalha para ser uma Cidade Educadora porque temos o desenvolvimento focado na qualidade de vida do ser humano”, disse o prefeito Gilmar Machado.

 

Sankhya

 

Na categoria Industrial do Ano 2015, o homenageado pela Fiemg Regional Vale do Paranaíba, Fábio Túlio Felippe, da Sankhya, discursou no evento discorrendo sobre a honra de receber um Prêmio da FIEMG e apontou a questão da crise estar ligada ao fator de valores da sociedade brasileira. “Fico muito honrado e feliz por ser homenageado dessa forma e acredito que o fator principal dessa crise está ligado, não, a formação política de nosso país, mas sim, uma questão de valores, dos quais são fundamentais para uma transformação do Brasil. Tenho que dividir esta premiação com minha família, meus companheiros de trabalho e dizer para aqueles que não sabem que a Sankhya é hoje uma das maiores indústrias de tecnologia da informação do Brasil”, sintetizou.

 

O encerramento

 

Após os discursos a diretoria da FIEMG acompanhando o presidente Everton Magalhães, percorreu todas as mesas, agradecendo as presenças de personalidades das cidades abrangidas pela entidade.

Presente a reunião festiva o Dr. Egmar Ferraz, presidente da 13ª subseção da Ordem dos Advogados do Brasil disse que “foi um evento que já é tradição. É um encontro que trás para a sociedade o módulo que se tem de melhor. Uberlândia é uma hospedeira de grandes empresários, de grandes indústrias, e é preciso mostrar isso para a sociedade, até para que possa compreender a grandeza de Uberlândia, não só para Minas Gerais, como para todo o Brasil”, afirmou.

O Prefeito Gilmar Machado, disse: “Acho importante, pois a FIEMG tem uma força muito grande e está mostrando isso. A maior prova é o número de prefeitos, vários empresários da região também serem homenageados nesse prêmio que eu acho importante que é valorizar aqueles que empreendem, mais tem a preocupação com a sustentabilidade, que é exatamente o poder de crescer mais, valorizando e respeitando a vida das pessoas”.

Exemplo da classe empresarial uberlandense, Orlando Pinto Guimarães, ainda está se restabelecendo da enfermidade que o acometeu há alguns anos. Mesmo assim o grande parceiro e amigo que ajudou a criar nossa Revista nos recebeu e ao cumprimentar a equipe, disse que a festa estava linda e que saudava todos os homenageados, especialmente o seu genro o Idimar Resende, que foi escolhido pelo sindicato mobiliário como a melhor Indústria da região e recebeu o Prêmio Sustentabilidade.

Presente a sessão no Center Convention, o prefeito de Araguari, Raul Belém, disse que “é uma satisfação muito grande estar aqui presente. Eu quero aqui enaltecer a FIEMG por essa festa onde nós temos a oportunidade do reconhecimento as empresas sustentáveis, as empresas que trabalham de forma a preservar o nosso meio ambiente, e Araguari está aqui muito feliz, com a indicação de suas empresas, com atividades que realmente são para manter esse equilíbrio com a questão ambiental, que é porque realmente todos trabalham muito bem. Então para nós é uma satisfação muito grande, quero parabenizar mais uma vez a FIEMG, parabenizar o prefeito de Uberlândia – Gilmar Machado que é o anfitrião por esse grande acontecimento aqui na cidade”, disse.

A festa foi muito bonita e demonstrou que os trabalhos na FIEMG estão sofrendo modificações onde o presidente Everton Magalhães, está fazendo com que os associados tenham encontro com tudo que é de igualdade e produtividade para nossa região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *