Equipe do Celso Machado lança 12ª edição do Almanaque

 

almanaque-slide

A 12ª edição do Almanaque “Uberlândia de Ontem e Sempre”, foi lançada no dia 21 de março em um evento glamoroso no Cajubá Country Club. Compareceram ao evento autoridades locais, empresários, homenageados, amigos, familiares e a imprensa.

O líder da equipe, empresário e amigo, Celso Machado, por recomendação médica, não esteve presente, mas a liderança de seus filhos Thaísa Ferreira Machado e Pedro Eduardo Machado, fez com que todos os responsáveis desenvolvessem um trabalho que agradou a todos que estiveram no evento promovido pela Nós Projetos de Conteúdo.

Nesta edição do Almanaque o principal homenageado é o médico obstetra Dr. Hermilon Correa, com uma carreira bem-sucedida fez mais de 20 mil partos em sua atividade. Outra pessoa lembrada nesta publicação é o Dr. Aloysio Moreira que foi o criador do Cajubá Country Club. Além de outras personalidades e empresas que tiveram suas histórias resgatadas.

A capa do Almanaque também chamou a atenção ao retratar os bares com mesas nas calçadas, que reúnem dezenas de amigos para os famosos happy hours. Uma homenagem aos hábitos dos uberlandenses, com destaque para o saudoso bar do Kabata.

Mas não foi somente o conteúdo que agradou, a ilustração diferenciada abrilhantou a capa com o trabalho de xilogravura de Elaine Corsi, que retrata essa cena do cotidiano local.

A nossa reportagem indagou à Thaísa Ferreira Machado, como ela se sentia substituindo a mamãe em um evento tão importante. “Eu acho que é assim mesmo. É uma continuidade do trabalho de meus pais que tem muita paixão por esta cidade. Eu imaginava seguir uma carreira diferente e depois fui me apaixonando por esta história. Estou aqui representando os dois, e é uma continuação, a história que não acaba. Cada hora a gente descobre uma novidade, e mais para frente também vamos criando outras histórias. Eu tenho muito orgulho pelo que estou fazendo”.

Pedro Eduardo Machado, filho do casal Celso e Rosilei afirmou que jamais conseguirá substituir seus pais no projeto da Close, mas disse que quer apoiá-los, ajudar quando os pais não estiverem presencialmente. “Aqui estamos com a edição nº 12 do Almanaque, já estamos no sexto ano e com muita coisa de Uberlândia, faltando ainda uma série de novidades importantes para contar”.

Durante o evento amigos do Celso Machado fizeram elogios sobre esse trabalho histórico do empresário e de sua equipe.

“Acho que esta ausência do Celso é um intervalo. Nós estamos entrando no segundo tempo, o Celso precisava cuidar da saúde, nós o queremos por muito tempo. Ele é um bom companheiro. Faço elogio ao seu trabalho e a sua família que o está representando nesse momento. Seus dois filhos são nota dez, estão de parabéns”, afirmou Carlos Magno da Magno Publicidade.

 

A apresentadora Mônica Cunha, dona de extraordinária audiência e sucesso dos programas femininos aqui de Uberlândia, prestigiando o evento do Celso Machado, disse que é sempre muito bom conferir os eventos dele. “Adoro o Almanaque. Eu acho que a revista traz muito da nossa história, da nossa gente, então eu faço questão de sempre estar presente e conferir a história do passado. Para mim é um dia especial também, estou torcendo pela recuperação da saúde do Celso”.

“A presença do Celso faz falta. Não resta a menor dúvida, ele não está aqui, mas a alma e o espírito estão. Isso aqui é idealizado por ele, que a um bom tempo vem construindo coisas boas para a cidade, principalmente com relação à memória e a cultura, resgatando a história de Uberlândia. Mesmo ele não estando aqui, com certeza ele está firme no coração de todo mundo”, disse o escritor Antônio Pereira.

 

“É um trabalho fantástico colocar adjetivos no trabalho do Celso Machado. É complicado, mas eu acho que é um documento permanente para a história de Uberlândia. É uma história de uberlandense ou uberlandino profundamente, como dizia, o meu querido Luiz Fernando Quirino. É um trabalho que valoriza pessoas que fizeram algum grande evento em outra cidade sem conhecer os que construíram Uberlândia, que foram pioneiros, desbravadores, que foram inclusive arrogantes, que Uberlândia só cresceu devido aos bons arrogantes. Essa é uma história que precisa ser preservada e eu me encanto a cada volume. Leio, releio e adoro recordar as histórias”, afirmou Neivaldo Silva (Magoo).

 

O engenheiro Valter Machado, irmão do Celso Machado, prestigiou o evento de lançamento e disse que essa é uma bela conquista, não somente de Uberlândia, mas de toda região. “O relacionamento que o Almanaque proporciona, e o trabalho do Celso que é uma pessoa dedicada, que quer ver Uberlândia crescer faz a diferença. É nesse momento que nós temos que agradecer a Deus e aos amigos do Celso que hoje está afastado, mas nós da família e também os amigos estamos vibrando com tudo que ele criou”.

 

O empresário Dr. Luiz Alberto Garcia esteve presente no lançamento de mais uma edição do Almanaque e afirmou: “O Celso é um guerreiro, como vocês da Revista Dystak’s, porque fazer revista e fazer jornal não é para qualquer um não viu. Precisa lutar bastante. Se vocês são os lutadores estão de parabéns. Nós já jogamos a toalha, você sabe disso e o Jornal Correio, deixou de existir”.

 

“É sempre um prazer para nós receber o Celso Machado e as promoções que ele tem. Ele é um homem muito inteligente e eu o considero uma pessoa que preserva as tradições da cidade, gosta de mostrar o que o município fez, como progrediu e ajudar as pessoas a serem reconhecidas. Temos o prazer de receber também a equipe da Revista Dystak’s, fazendo a cobertura de mais um evento conceituado. Parabéns ao Celso Machado, mais uma vez pela edição do Almanaque. E parabéns pelo trabalho da Dystak’s que quando começou eu tive a honra de ser um dos primeiros anunciantes como presidente do clube e também, diretor da Construtora e da Casa Feliz. Ainda bem que a Dystak’s está viva, com muita fama. Desejo muito sucesso para o Mauro Mendonça como sempre, assim como para o Celso Machado, meu companheiro aqui no clube”, afirmou o empresário e professor, Eduardo Jorge Hubaide.

 

“Ficamos sentidos com a ausência do Celso por motivo justo. Ele vem a seis meses preparando o lançamento dessa 12ª edição, que está excelente. Publicação que conta muitas histórias e traz uma homenagem muito bonita para o Dr. Aloysio Moreira que é um engenheiro, um arquiteto que idealizou e construiu o Cajubá. Tem homenagem também muito justa ao Dr. Hermilon Correa, que deixou a profissão há tempo, e hoje ele está aqui acompanhado de sua família. Na revista consta ainda uma série de homenagens que só o Celso sabe fazer nesse Almanaque. Está muito bonita a revista, vale a pena conferir”, Ivaldo Vicente Naves – diretor do grupo Rodoban.

 

“Fico muito feliz com a concretização de mais um exemplar de sucesso do Almanaque. Sempre digo, a grande riqueza de Uberlândia são seus filhos, não são aqueles que nasceram aqui, mas aqueles que adotaram Uberlândia. Eu sempre procuro participar disto, pois acho que esta é a nossa maior riqueza. Nós podemos homenagear aquelas pessoas que fazem a história de Uberlândia e que sempre fizeram. Então são duas pessoas que sem dúvida nenhuma estão marcadas para sempre na história desta cidade e eu me sinto honrado em poder estar aqui honestamente participando deste reconhecimento do trabalho dessas duas pessoas. Bonita a homenagem ao Dr. Aloysio Moreira e ao Dr. Hermilon Correa”, afirmou o médico Dr. Pascoal Luiz Lorechio.

 

“Estou muito satisfeito em poder participar de uma homenagem ao Dr. Hermilon, que é cooperado da Unicred desde a fundação. Desde o início é um obstetra exemplar, um médico que fez mais de 20 mil partos em Uberlândia, fico muito satisfeito em participar disso. O Dr. Hermilon é uma pessoa boníssima, de simplicidade única. Queria muito e por isso viajei para participar desta linda homenagem ao cooperado da Unicred, Dr. Hermilon Correa”, disse o Dr. Luiz Mauro Nascimento – médico.

 

Após a recepção calorosa da família de Celso Machado, da equipe da Nos Projetos de Conteúdo e da equipe do Cajubá Country Club, que receberam todos com muito carinho, foi lançada oficialmente a 12ª edição do Almanaque, que foi um sucesso e agradou aos convidados que prestigiaram o evento, e agora está circulando para delírio dos leitores que tem oportunidade de conhecerem um pouco de Uberlândia.

No calor da festa há de ser salientado ainda que o empresário Celso Machado, gravou uma mensagem aos amigos no Cajubá e já deixou marcada para o dia 22 de agosto deste ano no Uberlândia Clube, o lançamento da 13ª edição do Almanaque “Uberlândia de Ontem e Sempre”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *