Dr. Luiz Oliveira de Freitas homenageado pela Associação Médica de Minas Gerais

A AMMG foi criada no dia 19 de janeiro de 1946 com a finalidade de coordenar as principais atividades da importante classe profissional em todo o estado.

Em nossa região a entidade é representada pela Sociedade Médica de Uberlândia, hoje presidida pelo Dr. Eduardo Braga, Cel. Médico aposentado da Polícia Militar de Minas Gerais, diretor Unimed e um dos destacados profissionais que atende a sociedade uberlandense.

Em 18 de outubro foi comemorado o Dia do Médico e por criação da AMMG, houve a entrega de homenagens aos Médicos Destaque de 2020. Por aprovação geral, o escolhido foi o radiologista Dr. Luiz Oliveira de Freitas, um dedicado profissional que inclui a Ética, Ciência, Transparência, Responsabilização e Responsabilidade social naquilo que faz.

O homenageado

O médico Dr. Luiz Oliveira de Freitas, filho dos saudosos Dr. Moisés de Freitas e Geralda Maria da Paz Freitas, nasceu em Uberlândia, no dia 18 de janeiro de 1942. Ele é casado com Márcia Elizabeth Starling de Freitas e o casal tem quatro filhos: Márcio Luiz, médico radiologista; Viviane Starling de Freitas, formada em Comunicação Social; Marcos Starling de Freitas, Advogado e que mora em Curitiba e Lilian Starling de Freitas, também Advogada. O homenageado foi professor na Faculdade de Medicina da UFU, onde se aposentou. É empresário na área médica e ainda hoje exerce a medicina radiológica em Uberlândia.

A solenidade

A pandemia que assola o mundo fez com que a solenidade ao invés de ocorrer em Belo Horizonte, fosse realizada aqui em Uberlândia, na sala da presidência da Sociedade Médica, onde estiveram presentes o homenageado, familiares, diretores da Sociedade Médica de Uberlândia e a reportagem da Dystak’s.

Ao fazer uso e abrindo a solenidade, o Dr. Eduardo Braga adiantou que a escolha foi feita pela diretoria da Associação Mineira, mas que estava tendo a honra de representar a entidade e entregar ao Dr. Luiz, a comenda como Profissional Destaque de 2020. Agradeceu a presença de todos e com os agradecimentos fez a entrega da honraria.

No uso de suas palavras e muito emocionado, o Dr. Luiz disse que se sentia muito honrado e que a comenda, realmente, foi uma surpresa. Falou sobre sua longa trajetória na medicina, enfatizando os companheiros de jornada, os profissionais da saúde e claro, os pacientes. Motivo pelo qual sempre buscou se aprimorar e investir em aparelhos para um diagnóstico mais preciso e seguro. Relembrou dos tempos em que foi presidente da Sociedade Médica de Uberlândia, no período de 1974/1975, quando à época tinha apenas 32 anos.

Finalizou seus agradecimentos dizendo das dificuldades que atualmente os jovens médicos enfrentam para lograrem uma carreira de sucesso, e comentou sobre a importância em investir em uma boa formação e se manter sempre atualizado, buscando o melhor para os pacientes. Destacou, também, a necessidade de os jovens médicos buscarem uma reaproximação com a humanização no exercício da medicina, uma vez que a vida corrida e o excesso de trabalho são ingredientes que tendem a afastar o médico de um contato mais próximo com o paciente.

Ao falar sobre a homenagem prestada pelos colegas ao Dr. Luiz Oliveira de Freitas, a sua filha, Dra. Lilian Starling de Freitas, afirmou: “Eu fiquei muito honrada e quero agradecer a todos que participaram da indicação e aprovação da comenda que hoje é entregue ao meu pai. Infelizmente, em razão das dificuldades atuais estamos impedidos de realizar uma cerimônia com a presença de outros colegas e pessoas queridas.

Somos gratos pelas palavras de carinho e reconhecimento do trabalho realizado pelo meu pai. É um estimulo para que ele siga enfrentando os desafios do dia-a-dia.

Muito obrigada aos membros da Sociedade Médica, parabéns pelos avanços permanentes realizados pelas diretorias em prol dos profissionais da medicina e de toda a coletividade.

Ao meu pai, aproveito a oportunidade para reiterar aqui o meu particular sentimento de orgulho, admiração, gratidão que sinto por ele, que sempre foi exemplo de competência, dedicação e humanidade.

Estamos muito felizes pela honraria, e confesso que foi uma agradável surpresa, pois neste momento, não esperávamos a indicação desta comenda ao meu pai. Uma coisa somos nós da família acharmos que ele merece, pois sempre foi uma pessoa que se dedicou muito e lutou para trazer a modernidade para a evolução da medicina na cidade, sem se descuidar do caráter humano, indispensável na prática médica. Outra coisa é o reconhecimento vindo da Associação Médica Mineira, o que é motivo de profundo orgulho de toda a família, e particularmente do homenageado”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *