CALU comemorou 52 anos de sucesso

Ao completar 52 anos, a Cooperativa Agropecuária LTDA de Uberlândia – CALU fundada em 24 de maio de 1962, atualmente com 3.000 cooperados e 1.000 fornecedores de leite ativos, recebeu clientes, autoridades e a imprensa na comemoração de aniversário.

A celebração aconteceu na manhã do dia 24 de maio, no espaço onde está sendo construída pela Conel Construtora, a nova fábrica de laticínios, à Rua Geraldo Moreira e Silva, nº605 no setor Industrial, local que foi apresentado aos convidados no momento da festividade.

Presenças

Durante a solenidade várias personalidades foram citadas pela diretoria e dentre elas foram chamadas à frente na abertura da cerimônia: prefeito de Uberlândia Gilmar Machado; vereadora Jerônima Carlesso; deputado estadual Leonídio Bouças; comandante da 92ª Companhia da Polícia Militar de Uberlândia capitão Emiliano Reis; padre Marcello Sebastião Augello; secretária municipal de Agricultura Agropecuária e Abastecimento de Uberlândia Vanessa Petrelli Correa; presidente e vice-presidente da CALU, Cenyldes Moura Vieira e Hamilton Wagner de Moraes; membros dos conselhos Fiscais e de Administração da CALU: José Antônio Ribeiro Muniz, José Gilson Franco, Osmar de Oliveira Costa, José Jacinto Junior, José Pedro Ferreira Filho, Márcio Ricardo Teixeira Guimarães, Maria Helena Alves Oliveira e Vicente de Paula Resende Teixeira.

A nova Indústria

Durante a comemoração foi evidenciada a trajetória da CALU e apresentada a obra da nova fábrica através de vídeo institucional e maquete. Momento em que o presidente da cooperativa, Cenyldes Moura Vieira, falou aos presentes sobre a importância de toda a classe produtora e equipe da empresa durante estes 52 anos bem sucedidos e ressaltou o quanto será importante essa etapa de ampliação para a produção e a competitividade no mercado.

“Essa fábrica está sendo construída para modernizar o nosso setor de produção, melhorar os nossos custos operacionais e colocar a CALU em patamar de competitividade e igualdades com as maiores empresas de laticínios do país”. Ainda destacou Cenyldes Moura Vieira que ao ser inaugurada a nova estrutura, a CALU vai produzir o próprio leite UHT, produto que ainda é feito de forma terceirizada.

“Neste empreendimento, com previsão de inauguração para novembro deste ano, temos uma expectativa de iniciar com a produção de 360 a 400 mil litros de leite, triplicando o que estamos praticando. Estimamos gerar em torno de 3.000 empregos diretos e mais de 1.500 indiretos. A empresa está investindo R$ 40 milhões neste projeto, através do financiamento pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES, mas é uma construção paga exclusivamente pela CALU”, finalizou o presidente.

O prefeito Gilmar Machado que prestigiou a celebração de aniversário, disse que apesar de a Cooperativa ter 52 anos de atuação, ela não se conforma em ficar parada no tempo. “A CALU continua empreendendo e essa nova estrutura, é a demonstração da crença que ela tem no crescimento de Uberlândia e demonstra também que o cooperativismo é um modelo correto de crescimento, porque os cooperados crescem juntos e a CALU trabalha para melhorar a vida de seus cooperados, ajudando no desenvolvimento de Uberlândia e região”.

Márcio Ricardo Teixeira Guimarães conselheiro de Administração da CALU e cooperado há 27 anos, destacou que esta ampliação é uma necessidade para se adequar ao mercado. “Nós temos que construir um parque industrial para que nós sejamos competitivos no setor”.

 “As expectativas são muito boas quanto a este empreendimento que tem 65 mil metros quadrados de área total, sendo 10 mil metros de área construída, possibilitando triplicar a produção de laticínios”, afirmou o gestor da obra de laticínios da CALU, Daniel Cano.

Ao participar da comemoração de aniversário, José Carneiro, que foi vice-prefeito de Uberlândia em duas gestões do ex-prefeito Virgílio Galassi (1971/1972 e 1977/1982), afirmou que essa ampliação o surpreendeu. “Estou entusiasmado com este projeto grandioso da CALU, Uberlândia está sempre em primeiro lugar, com grandes realizações”.

Maria Helena Alves Oliveira ex-prefeita de Tupaciguara (1993/1996), também esteve presente ao ato e disse representar a classe produtora de leite da cidade, e veio parabenizar tudo que está sendo feito pela diretoria da CALU, assim bem como foi realizado em outras gestões de sucesso no passado.

Agnaldo Carneiro, diretor da Conel Constutora e engenheiro responsável pela obra, afirmou à Dystak’s, ser uma honra construir uma indústria neste porte, mesmo porque ela vem para atender aos produtores de leite de uma grande região, que envolve entre outras Gurinhatã, Ituiutaba, Monte Alegre de Minas, Tupaciguara, Uberlândia e outros grandes parceiros da CALU. O mesmo pensamento foi confirmado pelos outros diretores da Conel, os engenheiros Sérgio Tannús e Sérgio Guimarães.

A solenidade foi encerrada quando os presentes cantaram parabéns e as autoridades cortaram o bolo, após a benção do padre Marcelo Sebastião Augello do Santuário de Nossa Senhora Aparecida. Em seguida todos se confraternizaram durante o coffee break oferecido pela cooperativa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *