Augusta é a nova consulesa de Portugal em Uberlândia

augusta-consulado-webEm uma solenidade muito concorrida pela sociedade e a colônia portuguesa em Uberlândia, a Pedagoga e empresária, Augusta Maria Mendes Mota foi empossada no cargo de consulesa honorária de Portugal, em Uberlândia, no dia 24 de outubro de 2016.

A colônia portuguesa já teve uma representatividade muito grande no município, onde tinha a sede social na Avenida Floriano Peixoto, e até uma área campestre entre os Bairros Morumbi e Alvorada.

Agora com a nova consulesa a sede vai funcionar na Rua Santos Dumont, 562, no Edifício Fraternidade, conjunto B.

A solenidade que teve como mestre de cerimônia o especialista Ademir Reis, contou com as presenças de significativas personalidades representando os principais segmentos da comunidade empresarial da cidade e entre eles estavam o prefeito – Gilmar Machado; o presidente da ACIUB – Fábio Pergher; Rosa Peixoto, esposa do saudoso Adelívio Peixoto – primeiro vice-cônsul de Portugal em Uberlândia; presidente do Conselho da Mulher Empresária – Isabel Rosita; o secretário municipal de Gestão Estratégica, Ciência e Tecnologia – Vitorino Alves da Silva; o vereador – Ismar Prado; o deputado estadual – Elismar Prado; a presidente da 13ª Subseção da OAB – Ângela Botelho; ex-cônsul em Uberlândia – José Peixoto; os empresários – Alberto Esteves, Marco Antônio Guerreiro e Luiz Alberto Garcia, além de familiares e amigos de todos os membros da Colônia Portuguesa em Uberlândia.

Como destaques estavam presentes também o presidente da Câmara Portuguesa de Comércio no Brasil/Minas Gerais – Dr. Fernando Meira Ribeiro Dias e a consulesa de Portugal em Belo Horizonte – Joana Pinto Caliço.

A nova consulesa honorária conversando com a reportagem, afirmou que o processo começou há mais de um ano, com a preparação de documentos e quesitos especiais para que o evento acontecesse.

“Este consulado visa fomentar negócios entre Brasil e Portugal, não só em Uberlândia, mas em toda a região do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba. Vale lembrar que os Consulados são repartições subordinadas a um Consulado Geral, sendo que estamos ligados a Belo Horizonte. Vamos ter a oportunidade de promover o desenvolvimento das relações comerciais, econômicas, culturais e científicas entre os países, servindo como elemento de apoio nas missões diplomáticas. Aqui no Brasil em 2015, tínhamos 4.861 imigrantes e a população de Portugal é de 10,5 milhões de pessoas. Em Uberlândia já tivemos vários cônsules, e a nossa missão é muito grande para dar sequência especialmente aos trabalhos desenvolvidos pelo saudoso Adelívio Peixoto, aqui hoje representado pelo seu filho José Peixoto e a ex-esposa Rosa Peixoto. Espero corresponder com as expectativas e para isto conto com o apoio de todos os imigrantes e a população brasileira em geral”, afirmou a consulesa Augusta Maria Mendes Mota.

Em seguida aconteceu a entrega de flores à dona Rosa Peixoto e à Joana Pinto Caliço.

O presidente da Câmara Portuguesa de Comércio no Brasil/Minas Gerais, falando aos presentes mostrou as perspectivas dos trabalhos que serão desenvolvidos nesta região com a intermediação da Augusta Maria.

A consulesa Joana Pinto Caliço, também fez uso da palavra cumprimentando a todos e dizendo que Portugal é nossa terra mãe, que todos os brasileiros/portugueses formamos uma grande nação.

O empresário Luiz Alberto Garcia, afirmou: “eu tive a oportunidade de conversar com a Augusta e acabei concluindo que o Consulado aqui nos remete ao senhor Adelívio Peixoto, de saudosa memória. Ele foi um lutador pela colônia Portuguesa e nós esperamos agora com a nova consulesa a mesma longevidade que o seu antecessor teve. É lamentável que perdemos grande parte de nosso patrimônio, mas com o trabalho de todos, com certeza novos empreendimentos e negócios vão surgir com a participação da consulesa que vai congregar uma grande colônia, em Uberlândia”.

O empresário José Peixoto que sucedeu seu pai Adelívio no Consulado, afirmou que a Augusta é uma grande empreendedora e que vai sem dúvida demonstrar o quanto há oportunidade de empreendimentos e negócios entre Brasil e Portugal.

Carlos Augusto Braga, que também é descendente de portugueses, durante o evento falou da alegria ao saber sobre a inauguração da nova sede do Consulado em Uberlândia. “Pela cultura familiar e acima de tudo o que acontece entre Brasil e Portugal, é muito prazeroso estar neste evento que marca esta inauguração” afirmou o filho de José Carlos Dias Ferreira Braga, que veio morar no Brasil no final de 1950.

Valéria Marquez, representando a ESAMC, disse que é uma honra acompanhar a inauguração da sede do Consulado na cidade, especialmente agora com os trabalhos da Augusta Maria Mendes Mota.

O evento de inauguração foi encerrado com os cumprimentos de todos à Augusta Maria Mendes Mota, nova consulesa honorária de Portugal nesta região. Foi servido coquetel a todos os presentes, terminando assim a fase de todo um processo que durou mais de um ano com os trâmites de documentos entre as embaixadas do Brasil e de Portugal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *