A primeira MOSTRACON surpreendeu o público e evidenciou ainda mais o setor da construção civil

Uberlândia e o setor da construção civil foram marcados com a primeira MOSTRACON, um mega evento realizado no Center Convention no período de 17 a 20 de setembro. Com ampla estrutura e acessibilidade a público direcionado, o evento ofereceu 137 estandes, 44 palestras e recebeu aproximadamente vinte mil visitantes, destacando entre eles: administradores, empresários, estudantes e profissionais do setor da construção civil no geral.

A MOSTRACON foi idealizada pelo engenheiro e presidente do Sinduscon-TAP, Efthymios Panayotes Emmanuel Tsatsakis, que já havia promovido de 13 a 16 de setembro de 2000 em Uberlândia, enquanto diretor da Associação Comercial e Industrial de Uberlândia (ACIUB), a edição do Encontro Mineiro de Arquitetura e Construção (EMARCON). Habituado a coordenar esse tipo de evento, Efthymios Panayotes afirmou que desde aquela época, pensou em fazer uma feira grandiosa, no setor da construção, algo que fosse compatível com o porte de Uberlândia. “A EMARCON foi um evento marcante e bem sucedido, mas a MOSTRACON, foi uma Mostra maior e mais abrangente, até mesmo porque o município cresceu muito nos últimos treze anos e precisava de um evento desse porte. Agora surgiu o projeto inovador da Pool Comunicação, através do empresário Humberto Paes Leme, e o negócio deu certo”.

Abertura da MOSTRACON

A cerimônia de abertura do evento foi marcada com solenidade, ocorrida no dia 17 de setembro e várias autoridades estiveram presentes, entre elas as que formaram a mesa de abertura estavam: Efthymios Panayotes Emmanuel Tsatsakis – presidente do Sinduscon-TAP; Gilmar Machado e Paulo Vitiello – prefeito e vice-prefeito de Uberlândia; Rui Silva – diretor do Ministério das Cidades; Antônio Marum – chefe de gabinete da FIEMG Estadual; Eduardo Guimarães – professor e vice-reitor da Universidade Federal de Uberlândia; Lelis Silva – vereador; Luis Fernando Pires – presidente do Sinduscon/MG; Paulo Romes Junqueira – secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo; Marden Magalhães – gerente regional do SEBRAE/MG; Jobson de Andrade – presidente do CREA/MG; Clayton Rosa Carneiro – superintendente da Caixa Econômica Federal; Sebastião Totó – presidente da CDL de Araguari; Reinaldo Rosa – presidente do Sinticom-Tap; Humberto Paes Leme – diretor da Pool Comunicação; Marcos Tanner – diretor superintendente da Uniube Uberlândia; Edimilson Campos – professor e coordenador do evento ENUTEC da Uniube; Daniel Costa – diretor da Leroy Merlin e Orlando Resende – diretor do DMAE;

Durante a solenidade de abertura da MOSTRACON o presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba (Sinduscon-TAP), Efthymios Panayotes Emmanuel Tsatsakis, fez agradecimentos a todos os parceiros e apoiadores que contribuíram para a realização desse projeto. Entre outros participantes da solenidade que também discursaram sobre a realização da Mostra e do proveniente sucesso.

O secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Paulo Romes Junqueira ressaltou sobre a importância de um evento desse porte para o desenvolvimento da cidade.

“Uma Feira como essa consegue movimentar todo o setor da economia, e muitas vezes não temos a dimensão exata do que isso significa para o comércio local, pensamos somente nos que são beneficiados diretamente, como exemplo hotéis, restaurantes, centro de convenção e os empregos em geral. Mas na verdade conseguimos movimentar toda uma cadeia como os meios de transportes e todo o comércio de Uberlândia. Eventos como esse são muito bem vindos”.

Outra importante personalidade que expôs suas palavras na solenidade foi Jobson de Andrade, presidente do CREA/MG, fazendo questão de afirmar o quanto a Feira marcaria o nome de Uberlândia junto à área da construção civil, no âmbito regional e nacional.

“É uma alegria muito grande estar em Uberlândia participando de um evento como esse. Para o CREA representa cuidar do ambiente da engenharia, percebemos que as empresas estão dando um passo à frente, onde uma Feira dessa magnitude volta o cenário dos negócios da construção civil para Uberlândia. Que já é uma referência em muitos outros setores que envolvem a engenharia e a agronomia. A MOSTRACON entra no calendário das feiras nacionais, e isso traz desenvolvimento, progresso e negócios”.

O coordenador da Regional Triângulo do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais (CREA/MG) Omar Felipe Lelis, que acompanhou de perto a idealização desse projeto em Uberlândia, afirmou que esse evento do setor da construção civil, é proveniente de uma vontade antiga de vários profissionais da área. “Parabenizo o Sinduscon-TAP e o Panayotes, que possibilitaram o lançamento da MOSTRACON, com o apoio do CREA, SEBRAE, FIEMG, da Prefeitura e das construtoras, assim como todos que contribuíram para o sucesso da Mostra. É um evento brilhante para o Estado de Minas Gerais, e um grande momento de alegria e de vitória para nós. Uma forma de aproximarmos ainda mais os profissionais da engenharia, arquitetura, decoradores, artistas e demais profissionais da área diante do mercado de Uberlândia e região”.

Após a solenidade foi realizado Talk-show, com a participação do prefeito de Uberlândia, Gilmar Machado e profissionais dos setores da comunicação, tecnologia e negócios. Onde o tema abordado foi “Cidades Inteligentes”, em que foi evidenciada a questão da qualidade de vida, mostrando como funciona a gestão de uma cidade inteligente.

MOSTRACON e ENUTEC 2013

A primeira MOSTRACON foi promovida pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba (Sinduscon-TAP), Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG) e Pool Comunicação. Contou com o apoio da Prefeitura Municipal de Uberlândia, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo. Além do SEBRAE, CREA/MG, Uniube entre outros parceiros e expositores do setor.

Dentro da MOSTRACON, aconteceu ainda a 7ª edição do Evento Nacional Uniube de Tecnologia, Empreendedorismo e Ciência (ENUTEC), evento realizado pela Uniube, e que esse ano integrou a Mostra da Construção Civil, visando unir o lado empresarial e o palco de negócios com a parte acadêmica.

O diretor superintendente da Uniube, Marcos Tanner afirmou que a 7ª edição da ENUTEC, foi uma agregação com a MOSTRACON. “Essa parceria dos dois eventos veio para unificar a primeira edição da Mostra, a Uniube integrou tecnologia, empreendedorismo e ciência. Os dois eventos com uma convergência de conteúdo muito forte, proporcionando esse acontecimento. A faculdade ofereceu para o público, 44 palestras, para os alunos, e a sociedade no geral. Além de trazer também os parceiros da automação industrial, unindo as empresas parceiras da MOSTRACON. Quero reforçar que uma parceria bem feita, traz grandes resultados para quem está organizando, para os parceiros e para a sociedade, possibilitando o sucesso, ressaltou Marcos Tanner”.

O prefeito

Para o prefeito de Uberlândia, esse tipo de evento proporcionou uma movimentação produtiva na cidade, principalmente no que se refere a esse setor.

“Essa primeira Mostra demonstra a organização do setor da construção civil em Uberlândia que cresce cada vez mais e ao mesmo tempo oferece novas tecnologias, em parceria com a Universidade para que as pessoas possam ter casa com a melhor qualidade, e acima de tudo mais segurança, garantindo a sustentabilidade. Motivo de grande alegria para nós”, afirmou Gilmar Machado.

MOSTRACON

O evento foi marcado pela riqueza de informações, e durante os quatro dias da Feira, foram oferecidas 44 palestras com profissionais renomados de várias áreas, ligados ao setor e os temas evidenciados foram: sustentabilidade, inovação, segurança, indústria, competitividade, desempenho, qualidade, tendências, gestão de pessoas entre outros. Desde Workshops e oficinas abertas para o público, todos os palestrantes, chamaram a atenção dos estudantes, estagiários, empresários e outros visitantes, que buscaram conhecimento.

A Mostra contou com a exposição de produtos de empresas conceituadas. Tudo foi preparado minuciosamente, desde a estrutura física, que proporcionou conforto e segurança aos visitantes. O ambiente foi totalmente adaptado para atender o público, empresas expositoras e demais participantes.

Quem compareceu ao evento precisou de tempo para conhecer e observar cada novidade oferecida, porque foram proporcionados os mais variados tipos de mostras e produtos do setor da construção civil e outros acessórios que compõem esse segmento.

A grande variedade de empresas e marcas expostas chamou a atenção, mas não foram produtos comuns. A variedade de insumos utilizados na construção civil despertou a curiosidade das pessoas por serem produtos com inovação tecnológica, que valorizam as obras, e que são capazes de viabilizar o setor de maneira rápida. Todos os produtos voltados para esse setor, desde tintas, impermeabilizantes, tijolos, concreto entre outros. Trazendo tecnologia para a construção. O empresário Alexandre Nominato, diretor da ZAPI Impermeabilizantes que também expôs produtos inovadores, parabenizou a organização da MOSTRACON e o público em geral. “Uberlândia merecia um evento voltado para o setor da construção civil. Esse setor está em evidência na região. Vimos aqui grandes marcas, apresentando produtos, equipamentos e serviços. Houve uma grande concentração de público, principalmente os estudantes e estagiários, que farão parte desse setor, além, dos empresários já atuantes no mercado e que são nossos clientes”.

Hélio Guerra da Silveira, diretor da Elétrica Cidade, elogiou a realização do evento e afirmou o quanto a Mostra foi bem sucedida em relação à estrutura e a parte acadêmica. “Os empresários de Uberlândia deram uma grande força para a realização da MOSTRACON. Apostamos alto nessa primeira Feira, e a maioria dos empresários já fechou para a segunda Mostra. Várias indústrias grandes serão parceiras, porque o evento foi um sucesso, principalmente no que diz respeito às palestras técnicas, que lotaram as salas. Posso assegurar que em 2014 o sucesso será ainda maior”.

Eduardo Violatti e Luiz Fernando Violatti estiveram presentes na primeira noite do evento e no estande da Dreste Construtora, mostraram em fotos e vídeos aquilo que a empresa tem feito, está realizando e os projetos futuristas na área da construção pesada para empresas públicas e privadas.

Sergio Guimarães, diretor da Conel salientou que sinceramente mesmo sendo diretor e sócio do Sinduscon-Tap não esperava um movimento como aquele que aconteceu, embora soubesse perfeitamente sobre o trabalho do presidente Panayotes e da equipe da Pool Comunicação, acostumada a grandes eventos em todo o Brasil.

Pedro Spina ex-presidente do Sinduscon-TAP e atual diretor da Construtora Marca Registrada assegurou que foi uma honra participar da Feira. Disse que tem que render cumprimentos ao presidente Panayotes e a diretoria da Pool Comunicação por tudo que foi realizado. “Como vice-presidente de obras públicas do órgão agradeço, aqueles que estiveram presentes e que já asseguraram que estarão aqui de 17 a 21 de setembro de 2014, afirmou”. O empresário João Batista Lamonier, diretor da Lamonier Materiais para Construção, disse que viu com bons olhos a realização da primeira MOSTRACON. “Achei que foi um avanço muito grande na área. Nossa equipe que esteve presente a Feira, ficou encantada com as empresas expositoras, palestras e os contatos que tivemos. Lógico que não se consegue agradar todo mundo, mas foi um sucesso que vai ficar marcado e os organizadores estão de parabéns, afirmou.

O vereador e presidente da Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Uberlândia (ASSENG), David Thomaz, disse ter sido tomado por um susto quando chegou ao Center Convention e viu milhares de pessoas durante as palestras, visitando os estandes. “Só acreditei porque é Uberlândia, esta cidade que todos nós amamos e gostamos daquilo que é fundamental no progresso da região. Tive a oportunidade de receber aqui grandes companheiros de outras cidades e todos associados da ASSENG/CREA, disseram que isto é o respeito que Uberlândia, realmente merece. Os promotores têm que entenderem que dificilmente conseguimos agradar todo mundo e que o resultado foi o principal. “Entendo que quem trabalhou o sentido da Feira e se preparou para tal, está satisfeito com os resultados. Quem olha “apenas para o umbigo”, não gostou”, disse o presidente da ASSENG, parabenizando o Sinduscon-TAP e a Pool Comunicação, por toda a realização.

Mostras

Os estandes despertaram nas pessoas muita curiosidade. Durante a Mostra foram simuladas construções onde aconteceram instalações hidráulicas, elétrica e até revestimentos de primeira grandeza. “Esse trabalho foi realizado no momento da Feira por nossa equipe de instrutores e alunos do SENAI-MG, objetivando mostrar como é feito esse tipo de trabalho na prática e visando também estimular as pessoas ao interesse em atuar nesse setor, e a procurarem os cursos, levando em consideração que não faltam vagas para esses profissionais”, afirmou José Maria de Oliveira, instrutor do SENAI-MG.

Dentre as novidades, estiveram presentes artistas expositores que mostraram seus produtos, através da pintura, esculturas, fotografias e até mesmo apropriação de objetos. Como os estandes da primeira Mostra de Arte Sustentável, onde foram criados produtos temáticos especificamente para serem apresentados na Feira da construção. Como exemplo disso, a artista visual Lígia Maciel Alves, que criou um vestido feito com sacos de cimento. “Trabalho com apropriação de vários objetos, inclusive com moldes de costura, por ser uma Feira da construção civil, escolhi o saco de cimento, porque é um dos objetos mais descartados pelo segmento da construção”.

Participaram ainda artesãos, que em parceria com a Leroy Merlin e através de Oficinas de Mosaico, em parceria com a Prefeitura através da Secretaria do Meio Ambiente e Centro de Convivência e Cultura de Saúde Mental. Mostraram os produtos e acessórios que são feitos de maneira natural com insumos biodegradáveis. Algo que chamou a atenção pela beleza e criatividade. Quem visitou pôde presenciar pinturas em azulejos, produtos feitos com tintas a base de água e derivados da cana de açúcar e mandioca. Outros exemplos foram às luminárias feitas com canos de PVC, que se destacaram visualmente valorizando as peças, através de detalhes que impressionaram com a criatividade dos artistas. E foram evidenciadas ainda as peças feitas com cabaças, utilizadas naturalmente, e apresentadas sem resinas e compostos químicos. Toda essa produção biodegradável e artesanal se transformou em produtos decorativos e sofisticados. Além das Mostras de produtos e as palestras, destacaram-se também as oficinas de tecnologia, que proporcionaram o conhecimento aos mais de 500 alunos com faixa etária de 10 a 15 anos, das escolas municipais, inclusive da zona rural, que tiveram a oportunidade de participarem da montagem de 48 robôs. Essa iniciativa contou com a parceria da Lego Education do Triângulo Mineiro, Leroy Merlin e o Instituto Alexa.  Ainda no quesito tecnologia, aconteceu o primeiro Torneio de Robótica na categoria “seguidores de linha”, promovido pela Uniube, onde foram oferecidos prêmios aos três primeiros colocados. Mais de trinta participantes expuseram seus carros, desenvolvidos por estudantes dos cursos de Engenharia Elétrica e Engenharia da Computação. Participaram do Torneio pessoas que acompanham e gostam de automação e robótica, entre eles alunos de outras universidades de Uberlândia.

Essa foi uma Feira integrada entre pessoas do setor e parceiros, possibilitando para o público algo criativo, unindo conhecimento com a tecnologia e a arte. Além de ter sido um palco de negócios, os organizadores e expositores pensaram nos detalhes mais interessantes, quando se preocuparam em apresentar produtos que favorecem os consumidores e priorizam a qualidade de vida das pessoas, evidenciando, à sustentabilidade.

Encerramento

No encerramento foi entregue a obra realizada pela equipe do SENAI/MG, e houve momento de interação, quando os empresários expositores, ofereceram ao público, coquetel. Além das palestras bem conceituadas que lotaram a estrutura da Feira, que finalizou às 22 horas, do dia 20 de setembro, a interação entre industriais e clientes foi de fundamental importância para o crescimento dos negócios a partir de agora. Após o resultado positivo apresentado pela primeira MOSTRACON, os organizadores afirmaram com muita satisfação, que o evento ocorreu conforme o planejado. “A Mostra superou as expectativas e já estamos programando a MOSTRACON 2014. Um evento diferenciado, visando ampliar o público, recebermos mais pessoas da região, inclusive vamos realizar o próximo evento na mesma data, mas abrangendo o fim de semana, com o objetivo de atingir um público maior ainda, até mesmo nacional”, afirmou Efthymios Panayotes.

“Considero que o evento foi nota dez, porque o simples fato de termos realizado esse mega acontecimento, que marcou o setor já é um diferencial e o mais importante, é que a Mostra foi um sucesso, e atingimos a quantidade de público que projetamos. Para o próximo ano pretendemos melhorar ainda mais, e trazer mais parceiros”, ressaltou Humberto Paes Leme, diretor da Pool Comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *